Infravermelho #1 📡📎 — Fornecedores chineses, interferência em parabólicas e projeto governamental de conexão na Região Norte

Estrada de gelo na Estônia. A velocidade recomendada é entre 10-25 km/h e 40-70 km/h pois velocidades entre 25-40 km/h podem causar ressonância e quebrar o gelo. É ilegal usar cinto de segurança para facilitar sair do carro em uma emergência. Foto publicada por u/Double-decker_trams em r/InfrastructurePorn. Mais sobre aqui.

Esse é o Infravermelho, clipping sobre infraestrutura de telecomunicações, principalmente Internet, e com especial atenção a questões comunicacionais. Acompanhar o assunto faz parte de minha pesquisa acadêmica. Sou doutorando em ciências da comunicação na UFSM. O clipping ainda não tem periodicidade definida.

São duas as principais questões da implementação de 5G no momento:

  • Se as empresas brasileiras vão adquirir equipamentos livremente ou haverá sanções a empresas chinesas;
  • Como será resolvido o problema entre a televisão parabólica e o 5G, pois seus sinais interferem um no outro.

Internacionalmente, Donald Trump encabeça boicote às empresas chinesas que oferecem equipamentos de infraestrutura de 5G (particularmente a Huawei), alega servirem à espionagem do governo chinês. Vários países já decidiram boicotar empresas chinesas, Bolsonaro e Guedes já sugeriram apoiar a medida. Na prática, funciona como protecionismo econômico. O Brasil ainda não definiu seu alinhamento, o que atrasa o 5G e frustra as expectativas das operadoras.

📌 Especial: Vice-presidente brasileiro garante que leilão 5G no Brasil seguirá critérios técnicos e ressalta amizade com China por Janaína Camara da Silveira e Zhao Yan no Xinhua News (02/09/20), via matéria no Teletime por Henrique Julião (02/09/20).

O vice-presidente disse para imprensa chinesa que o Brasil não irá distinguir empresas pelo país de origem, e sim por segurança e preços competitivos. Mourão sugere confiar mais em um marco regulatório do que em um boicote.

📌 “Vou deixar bem claro: quem vai decidir 5G sou eu”, diz Bolsonaro por Marcos Urupá no Teletime (03/09/20) repercutindo fala de Bolsonaro em live (aos 47’23”).

Em clara resposta a Mourão, Bolsonaro buscou deixar claro que a questão ainda está em discussão. O comportamento sugere que o governo está esperando as eleições estado-unidenses para decidir seu alinhamento.

Em discurso na 75ª Assembleia Geral da ONU dia 22/09/2020, Bolsonaro disse que o Brasil está aberto para parcerias de 5G “que respeitem nossa soberania e prezem pela liberdade e pela proteção de dados”.

O Granma Podcast, de perspectiva socialista, apresentou a questão do 5G, especialmente no que diz respeito a relações internacionais e a disputa política sobre a pauta da segurança de informação.

📌 Granma Podcast: Resenha – A Treta do 5G (17/08/20)

*

O 5G irá causar interferência no sinal de televisão de antena parabólica (banda C, as antenas parabólicas maiores). São duas as soluções apresentadas: migrar os canais para a banda Ku (as antenas parabólicas menores) ou instalar filtros nas antenas parabólicas grandes. É importante estudar qual opção é mais barata pois o leilão deverá cobrir parte dos custos. A televisão prefere ir para a banda Ku, o que pode demorar anos, então as operadoras de telefonia preferem os filtros.

📌 5G levará internet ao freezer, mas pode deixar 22 milhões de casas sem TV aberta por Edianez Parente no Notícias da TV do UOL (30/08/2019)

📌 Brisanet testa filtros de banda C e vê eficiência, mas diz que é preciso olhar para o interior por Samuel Possebon no Teletime (28/08/20)

📌 Satélites: limpeza do 3,5 GHz para o 5G deve durar até cinco anos por Henrique Julião no Teletime (22/09/20)

Os filtros têm mostrado resultados promissores nos testes. Muitas opiniões tem sugerido que a parabólica é uma tecnologia ultrapassada e deve ser preterida. No entanto, tal argumento resume o Brasil às metrópoles. Muitas pequenas cidades e zonas rurais — onde a parabólica é mais popular — sequer tem acesso a 4G hoje e não tem perspectiva de usufruir do 5G.

*

📌 Com investimentos dos três Poderes, governo lança programa Norte Conectado, notícia do site do Governo Federal (01/09/2020)

A onda de rebatizar projetos antigos do governo chegou na infraestrutura de Internet. Assim como o Minha Casa, Minha Vida virou o Casa Verde e Amarela, o antigo projeto Amazônia Conectada virou Norte Conectado. Fora a ênfase em soberania e defesa, há pouca diferença entre os programas, apenas metas atualizadas. Conectar Santarém (PA) é prioridade da primeira fase.

Santarém é central para a infraestrutura do projeto Barão de Rio Branco, plano de desenvolvimento do governo para a região amazônica. O plano tem caráter extrativista e implementação autoritária, como revelaram documentos obtidos pela reportagem do Intercept Brasil Movido a paranoia: documentos e áudios inéditos mostram plano de Bolsonaro para povoar Amazônia contra chineses, ONGs e Igreja Católica de Tatiana Dias (20/09/2019)

*

📌 Sony vai fechar fábrica e interromper venda de TVs, câmeras e outros no Brasil por Felipe Demartini no Canaltech (15/09/2020)

Além da crise, a decisão faz parte de uma estratégia internacional da Sony. A marca tem experimentado uma queda nas vendas de smartphones, câmeras digitais e televisores, assim decidiu focar no PlayStation, que não é fabricado no Brasil. Segundo análise publicada no site Revolução Industrial Brasileira:

“O fechamento da fábrica comprova o que os economistas heterodoxos vêm dizendo há tempos: a demanda no Brasil está insuficiente. E assim como já noticiamos outros fechamentos de fábrica neste site, a Sony também passa o atestado da recessão vivida pelo país.”

*

📌 Governo indiano bane jogo PUBG do país, junto com mais de 100 apps por Renato Mota no Olhar Digital (02/09/2020)

A Índia, há meses, segue banindo estrategicamente aplicativos. A análise do Xadrez Verbal (#239, 2:35:49) destaca o banimento do Alipay, aplicativo de pagamentos chinês, que se tornou comum na Índia desde sua política de desmonetização. Além do Alipay e do PUBG, está banido o Tiktok. O Tiktok é muito popular na Índia e tiktokers indianos são muito populares mundialmente.

*

📌 Brasil é o 2º pior de ranking mundial em nº de computadores por estudante e 52º colocado em conectividade das escolas, aponta OCDE por Leo Arcoverde no G1 (29/09/2020)

📄 Effective Policies, Successful Schools, análise da OCDE à partir dos dados do PISA 2018 sobre políticas escolares (29/09/2020)

A OCDE, no relatório Políticas Efetivas, Escolas de Sucesso, no capítulo 5, Recursos materiais à disposição na escola, fala sobre computadores e conexão à Internet. Globalmente, a pesquisa encontrou correlação entre acesso à Internet e melhora na prática de leitura.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s